Era uma vez um rei - Instituto Pombas Urbanas

A imaginação no poder

Por Valmir Santos Segundo sábado de propaganda gratuita no rádio e na televisão, aquecimento da campanha para as eleições municipais de 2016. Na feira do Jardim Colonial, na zona sul de São José dos Campos, carros de som e cabos eleitorais (em sua maioria contratados) aproveitam a manhã movimentada para vender seu peixe. Foi ali…

Parceria Que Dá Certo

Parceria Que Dá Certo (Espetáculo Institucional SEBRAE-SP - 2002) Apresentado até 2004. Feito pela Companhia Artística Pombas Urbanas para atingir o pequeno produtor rural do interior do Estado de São Paulo com a orientação do Núcleo de Cultura e da Área de Agronegócios do Sebrae - SP, o espetáculo conta a história de Juvenal e Candinha,…

Quadrúpedes Aquáticos

Quadrúpedes Aquáticos (Espetáculo Infantil para Piscinas - 2003) Apresentado até 2003. Estamos vivendo um tempo de inclusão. Tempo de incluir ao lazer, a educação e à educação, incluir a arte. Tempo de incluir e de integrar a educação, a arte, o lazer, o esporte, o folclore, todas nossas raízes culturais e o conhecimento que se forma diariamente…

Cidade Desterrada

Cidade Desterrada (Espetáculo de Teatro de rua - 2015) O espetáculo tem início com a chegada dos Encantados, seres cósmicos e imaginários que representam a força ancestral da comunidade que ali vai existir. Um grande bairro popular cresce neste lugar repleto de histórias e lutas por trabalho, comida, saúde, transporte. Logo chega uma trupe de teatro que…

Era Uma Vez Um Rei

Era uma vez um rei (Espetáculo de teatro de rua 2014) Um grupo de mendigos se encontra num final de tarde da cidade. Com latas, plásticos e papelões criam o espaço onde vivem, descansam e fazem festa. De suas relações nasce uma brincadeira na qual, a cada semana, cada um deles será rei, depois presidente e em seguida…

Todo Mundo Tem Um Sonho

Todo mundo tem um sonho (Espetáculo Infantil - 2001) Nos sonhos de Mago Alfredo, desde que se conhece por mago, pensa na formação de uma Companhia de Circo sem saber onde estariam os membros. Em suas andanças pelos tempos, viu nascer uma linda menina cigana que muito cedo perdeu sua mãe. Perto do nascimento também viu…

Ventre de Lona

Ventre de Lona (Espetáculo Adulto - 1998) Apresentado até 2001. O espetáculo começa com sons e movimentos que representam movimentos primitivos do homem. Seres que habitam um teatro abandonado aparecem e formam um coro de energias juntamente com Fedegoso, um espírito humano, vão criar Fu, um menino que é abandonado na porta daquele teatro. Serzinho, o…

Mingau de Concreto

Mingau de Concreto (Espetáculo de Teatro de Rua - 1996) Partindo da ideia de ocupar este espaço central da cidade, que pelo menos duas vezes por dia vive a neurose do rush, quando as pessoas incham as ruas num deslocamento incessante e travadamente apressado, criado para intervir ludicamente neste fluxo caótico. Ocupando o espaço dos…

Funâmbulo

Funâmbulo (Espetáculo Adulto - 1993) Apresentado até 1997. Um bebê é abandonado à porta de um teatro. O espaço também está abandonado há anos. Lá, só habitam os seres imaginários, únicos remanescentes dos milhares de atores e centenas de montagens que passaram por aquele palco. São estes fantasmas do teatro ( lantejoulas, serpentinas, pedaços de cortinas,…