Parceria que dá certo - Instituo Pombas Urbanas
Parceria que dá certo - Instituo Pombas Urbanas
Parceria que dá certo - Instituo Pombas Urbanas

Parceria Que Dá Certo

(Espetáculo Institucional SEBRAE-SP – 2002)

Apresentado até 2004.

Feito pela Companhia Artística Pombas Urbanas para atingir o pequeno produtor rural do interior do Estado de São Paulo com a orientação do Núcleo de Cultura e da Área de Agronegócios do Sebrae – SP, o espetáculo conta a história de Juvenal e Candinha, um jovem casal de sitiantes que viaja de volta para seu sítio montados em um carro de boi que atola no meio do caminho. Enquanto esperam por ajuda, conversam sobre a pequena produção de sua terrinha e as perspectivas que têm para o futuro, fazendo transparecer pontos de vistas bem diferentes. Candinha com sua visão empresarial tenta convencer o marido a implementar melhorias no sítio, fazer parcerias, ampliar os negócios, enquanto Juvenal insiste que é “melhor deixar com tá prá ver como é que fica”. Toda conversa é atentamente ouvida pelos espertos bois Filé e Mignon que fazem comentários perspicazes sobre a situação. Numa linguagem cômica que retoma as origens do circo teatro no Brasil, o espetáculo resgata elementos da cultura do homem do campo (como música, linguajar, hábitos, valores, paisagem), sua relação com a natureza, sua forma particular de ver a vida e valoriza sua humanidade. Com duração de 40 minutos, a montagem tem por base a experiência da Companhia em teatro de rua, o que possibilita a criação de situações inusitadas a cada apresentação.

FICHA TÉCNICA

Músicos: Juliana Flory – Sanfona / Cristiano Turri – Viola

ELENCO

Adriano Mauriz – Boi Filé

Marcelo Palmares – Boi Mignon

Wander Hauter – Juvenal

Marília Gabriela – Candinha

MÚSICOS

Juliana Flory – Sanfona

Cristiano Turri – Viola

DURAÇÃO: