Sobre o Centro Cultural Arte em Construção

CCAC - Instituto Pombas Urbanas

Em 2004, quando o Grupo Pombas Urbanas chegou em Cidade Tiradentes, encontrou um galpão de 1600m2localizado numa das principais vias de acesso do bairro, que estava praticamente em ruínas, havia passado por incêndios e depredações, não tinha instalação elétrica, hidráulica, piso, banheiro, nem janelas. Na revitalização do local, mais de cinco toneladas de entulho foram retiradas. As atividades foram iniciadas com a estrutura básica necessária, chão quebrado, sem água e energia elétrica. O nome “Arte em Construção” simboliza a construção física de um espaço voltado para a Arte e a construção de uma linguagem teatral que expresse e dialogue profundamente com a comunidade. Para a estruturação do local, além do processo de reforma das instalações, o Instituto iniciou um contínuo processo de oficinas artísticas que resultaram na criação de três coletivos jovens de teatro. A visão de emancipação do jovem, por meio da arte e o estímulo a autonomia terminaram por criar nestes jovens os conhecimentos e disposição para participar da gestão do Centro Cultural Arte em Construção. Uma das principais caraterísticas do espaço é ser gerido de forma comunitária com intensa participação de jovens do bairro. Por ano, este processo artístico-comunitário tem em média a participação de 25.000 pessoas. Além dos eventos comunitários, da programação de espetáculos teatrais e dos cursos, o Instituto desenvolve uma contínua e permanente formação artística no espaço do Centro Cultural e em parceria com escolas do bairro. Hoje, o Centro Cultural Arte em Construção conta com uma biblioteca comunitária, com um acervo de mais de 10.000 de livros, uma área de convivência e prática de circo, um ateliê de figurino, uma sala de aula, uma área de comunicação comunitária e a sala de teatro Ventre de Lona com capacidade para 140 pessoas.